Posted on

Verdade Nua e Crua

Olhou sua imagem no espelho e suou frio. Estava envergonhada, lá estava ela naquele Motel de quinta com aquele sujeito desprezível. Ela sempre fazia isso, sempre acabava com todas suas chances de ser feliz. Não lembrava a última vez que fora tocada por alguém que  realmente gostasse. Antes eu me prostituísse, pois assim pelo menos teria algum retorno com isso, pensava.

Era bonita, alta, loira, um pouco acabada devido ao alcool e drogas em excesso, mas estava tentando parar com essa vida, pelo menos  gostava de se enganar dizendo que estava parando. Lembrou a primeira vez que havia feito isso, era uma menina, fora usada e desde então passou a não mais confiar no sexo masculino. Pensou em sua mãe e em todas as vezes que  falou que ela não era boa o suficiente.

Compreendeu então sua função na vida dos homens: sexo. Era isso que deveria fazer, afinal era a única coisa que iria conseguir deles. Passou a desafiar os seus limites e a gostar da brincadeira. Gostava de contar as coisas que fazia, era essa a parte que mais gostava. Não tinha prazer algum com sexo, talvez sentisse algo na humilhação, nessa parte ela gozava.

Saiu do motel e foi pra sua casa.  Dobrou sua roupa, colocou em cima da cadeira, ficou nua e se olhou no espelho, procurou algum hematoma ou marca pelo corpo, viu um arranhão em sua barriga e um roxo na perna. Se orgulhou deles,  iria observá-los todo dia até eles sumirem. A dor da alma era maior que a dor física,  gostava dos hematomas e marcas, porque eles exteriorizavam a dor que sentia. Assim o exterior correspondia com o interior.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s