Posted on

A minha melodia

Lavou o rosto mas nao conseguiu olhar sua propria imagem no espelho. Aquela não era ela. Era quem ela queria que eles acreditassem que fosse. Olhou para os pés deles. Eles faziam uma bela dança. Um balé velado. Quem seduzia e quem era seduzido? Ficou ali como mera espectadora de sua vida. A forma passiva de viver era a única que ela conhecia. Qual era seu papel naquele triângulo? Se é que de fato havia um triangulo. Procurava os pés deles. Eles ainda dançavam aquela música? Ou ela só existia em sua cabeça? Os pés se encontraram e o abraço que tanto temia aconteceu. Não sabia o que sentir. E ao inves de ser novamente vítima de sua própria existência, decidiu compor ela mesma uma bela canção. E dançaria sozinha sua melodia até que finalmente arranjasse um par para lhe acompanhar. Ou não.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s